in ,

Molotof com Caramelo

iguaria-molotof-com-doce-de-ovos

Um molotof é um pudim de claras bastante comum e tradicional em Portugal, acho que é popular porque além de ser delicioso, muitos dos doces portugueses são carregados de gemas e como tal um molotof é uma excelente maneira de aproveitar claras.

Tradicionalmente depois de desenformado é coberto de caramelo ou doce de ovos (só seguir o link para a receita), neste caso vamos fazer a versão de caramelo, podes fazer o caramelo que digo aqui ou usar caramelo já feito, eu prefiro fazer porque eu gosto de um caramelo mais suave não tão espesso e queimado como normalmente são os já feitos.

Receita de Molotof com Caramelo

Ingredientes

Molotof

Caramelo

Instruções

  1. Para fazer o molotof começa-se por pré-aquecer o forno a uns 180C.
  2. Depois numa taça grande bate as claras em castelo, depois adiciona o açúcar e bate um pouco mais (normalmente faço 12 colheres mas faz 10 experimenta e ajusta de acordo com o teu gosto, deve ser doce mas não super doce), até estar tudo bem em castelo.
  3. Agarra numa forma de castelo e unta muito bem com manteiga, isto é importante porque as claras são frágeis e pegam com facilidade, neste ponto se quiseres podes pôr no fundo um pouco do caramelo, eu normalmente não ponho.
  4. Leva ao forno por volta de 20 minutos, depois de passar o tempo, desliga o forno e deixa o molotof lá dentro a secar um pouco, tira quando forno tiver arrefecido.
  5. Por fim desenforma com cuidado e cobre com o caramelo liquido.
  6. O caramelo é simples, junta todos os ingredientes, o açúcar com 2 colheres de sopa de água, deixa caramelizar até começar a escurecer (ainda não é um caramelo mas está num ponto perto), nesse ponto retira do lume, adiciona a manteiga mexe e depois as natas e mexe bem, volta a por no lume mais uns 5 minutos para ficar um pouco mais espesso e por fim uma pitada de sal e já está.

Informação Nutricional

Doses: 12・Tempo: 50 Minutos・Dificuldade: Média・Calorias: 1924 kcal・Gorduras: 59 g・Hidratos de Carbono: 345 g・Proteínas: 32 g

4 Comentários

Deixa uma Resposta
  1. Fica a dúvida… então este pudim não necessita forçosamente de ser cozido em banho-maria??
    Dá certo assim? – (ou seja, não abate depois?)

  2. Pois ele abate um pouco, o banho-maria protege as claras, dai o seu uso habitual no molotof, a receita bateu certo, mas tenho que admitir que esta foi um pouco em cima do joelho, experimenta esta mais recente http://www.iguaria.com/sobremesa/pudim/molotof/ que segui mais a risca a receita tradicional e o molotof ficou 5 estrelas super rijo e fofo! >_<'

Deixa o teu comentário :)

Canja de Galinha

Ensopado de Borrego