in ,

Rabanadas Portuguesas

Natal sem Rabanadas não é Natal para mim, mesmo só fazendo rabanadas pelo Natal eu compreendo que por vezes podem ser um pouco pesadas e enjoativas, por isso eu vou sempre tentando fazer variações para encontrar um bom equilíbrio, neste caso eu usei pão bem típico de rabanadas, com estas baguetes grossas portuguesas e cortei elas em fatias um pouco mais grossas que o habitual.

Como sempre deixei o pão secar 2 dias e depois deixei elas embeber um pouco mais leite antes de fritar, o resultado foram umas rabanadas mais húmidas e mais moles e como o leite não é doce este ajudou a tornar as rabanadas mais tenras e com um contraste mais delicioso entre um interior pouco doce e o exterior bem doce, vamos a receita!

Receita de Rabanadas Portuguesas

Ingredientes

  • Pão – 1 Baguete Grossa de Rabanadas
  • Ovos – 4 L
  • Leite – 1 litro (Gordo)
  • Limão – 2 Cascas
  • Canela – 1 Pau
  • Canela – Para Polvilhar
  • Açúcar Amarelo – Para Polvilhar
  • Óleo de Girassol – Para Fritar
  • Sal – Uma Pitada

Instruções

  1. Como qualquer rabanada decente começa por comprar pão e deixar este secar, se queres secar o pão mais rapidamente o melhor é cortar este em fatias, corta em fatias bem grossas, tipo uns 2 a 3 dedos de espessura, o tradicional é uns dois dedos, corta também o pão na diagonal para obteres fatias mais largas, tu queres o pão seco porque assim o pão vai absorver melhor o leite sem desfazer, também o exterior vai estar mais duro o que ajuda ao fritar a ficar mais estaladiço, tu queres que o resultado final seja o miolo cremoso e o exterior estaladiço.
  2. Passado 2 a 3 dias quando o pão estiver bem seco, está na altura de fazer as rabanadas, começa por aquecer o leite com cascas de limão e pau de canela, não deixes ferver, só queres infundir o leite com o aroma de limão e canela.
  3. Bate os ovos, tempera estes com uma pitada de sal e deita num prato largo, deita o leite noutro prato largo, deita uma bela quantidade de canela e açúcar amarelo num terceiro prato (eu faço a olho mas uma boa medida é por cada 4 colheres de sopa de açúcar, 1 colher de chá bem cheia de canela) e por fim um prato com papel de cozinha e uma travessa com papel de cozinha.
  4. Numa frigideira com óleo de fritar eu gosto girassol mas qualquer óleo neutro serve, deita óleo de forma a cobrir pelo menos 2/3 da profundidade de cada fatia de pão, aquece o óleo em lume médio alto.
  5. Quando o óleo estiver quente, deita uma fatia de pão no leite bem quente, vira umas vezes tu queres o pão bem embebido se tens duvidas espreme um pouco o pão, depois passa a fatia pelo ovo, ambos lados e põe no óleo a fritar, repete até teres 2 ou 3 fatias a fritar (não ponhas demasiadas fatias na frigideira).
  6. Frita ambos os lados até ficarem bem dourados, tradicionalmente as rabanadas depois de fritas são escorridas um pouco e depois vão para a mistura de canela e açúcar, mas eu acho que isso torna elas demasiado doces e com demasiado óleo, o melhor é deixar as rabanadas escorrer em papel absorvente, ambos os lados por uns 30 segundos e depois quando ainda estão quentes passar pelo açúcar e canela, assim não vão absorver tanto e vão ter um sabor muito melhor.
  7. Retira as rabanadas para o prato com papel de cozinha, põe mais 2 ou 3 fatias a fritar, depois retira as rabanadas do prato e passa estas pelo açúcar amarelo e canela, ambos os lados, sacode um pouco e dispõe na travessa com papel absorvente, repete até não teres mais pão, bom apetite e Feliz Natal.

Dicas: As rabanadas duram bem uns 2 dias, mas nota que depois de umas 6 horas o leite no interior vai começar a sair e as rabanadas vão ficar húmidas, elas continuam deliciosas mas ficam com uma textura mais similar a pudim, podes também guardar as rabanadas no frigorífico para elas durarem mais um dia ou dois.

Depois de fazer as primeiras rabanadas corta um pouco de uma e prova, assim podes ver se a rabanada foi bem embebida no leite se o açúcar com canela está no ponto se está demasiado escura ou amarga quer dizer que fritaste demasiado ou o óleo está demasiado quente, ajusta para as restantes rabanadas as primeiras são só para a experiência até comigo as primeiras nunca saem perfeitas.

Ficha da Receita

Rabanadas Portuguesas

  • Doses: 12
  • Dificuldade: Média
  • Imprimir

Receita clássica de Natal de Rabanadas Fritas Portuguesas.


Esta receita de Rabanadas Portuguesas foi criada inicialmente no Iguaria.com.

Ingredientes

  • Pão – 1 Baguete Grossa de Rabanadas
  • Ovos – 4 L
  • Leite – 1 litro (Gordo)
  • Limão – 2 Cascas
  • Canela – 1 Pau
  • Canela – Para Polvilhar
  • Açúcar Amarelo – Para Polvilhar
  • Óleo de Girassol – Para Fritar
  • Sal – Uma Pitada

Instruções

  1. Corta uma baguete de rabanadas em fatias grossas na diagonal, deixa o pão secar um par de dias.
  2. Aquece leite com cascas de limão e pau de canela, não deixes ferver.
  3. Prepara um prato largo com ovo batido com uma pitada de sal, outro prato com o leite bem quente, outro prato com canela e açúcar amarelo, outro prato com papel absorvente e por fim um tabuleiro forrado de paperl absorvente.
  4. Aquece o óleo numa frigideira quando este estiver quente, deita o pão no leite quente, deixa o pão embeber bem o leite, depois passa ambas as faces do pão pelo ovo batido e põe a fritar, repete até teres 2 ou 3 rabanadas a fritar.
  5. Quando ambos os lados estiverem dourados retira para o papel absorvente, depois passa pelo açúcar e canela e por fim deita na travessa, repete até não teres mais pão, bom proveito.

Nutrition

Calorias: 278 kcal・Gorduras: 20 g・Hidratos de Carbono: 2 g・Proteínas: 21 g

4 Comentários

Deixa uma Resposta
    • Achas? É quase uma linha de montagem, acho que muitos dos doces fritos de Natal como azevias, coscorões ou até alguns tipos de sonhos como de abóbora (em que tens de fazer a massa e depois escorrer, etc etc até ir fritar) dão bastante mais trabalho, para além que as rabanadas são bastante versáteis, podes rechear elas e podes servir com diversos molhos, como de vinho tinto, vinho do porto, mel, chocolate, geleias, fruta e chantilly, doce de ovos, etc :D

Deixa o teu comentário :)

Queijo Brie Gratinado no Forno

Strudel de Maçã com Massa Filo