in

Vinho Verde Navalheira

Iguaria_Vinho-Verde-Navalheira

Aqui temos o vinho verde Navalheira, produzido pela Quinta & Casa das Hortas Soc Agrícola e com, Lda de Baião, com 10,5% de vol.

A legenda diz: “Fresco, jovem, delicado e vivo, são os atributos do nosso vinho, da nossa região. Experimente-me, atreva-se! Refresque-se…”. Bem o que dizer da legenda, hum pouco ou nada, mas vamos lá ver se o vinho tem na realidade esses atributos.

Iguaria_Legenda-Vinho-Verde-Navalheira

Este Navalheira foi servido claro bem fresco, ao abrir o cheiro é bem agradável a vinho branco, no entanto a deitar no copo vê-se logo que é um vinho com pouco gás, o mesmo se nota a beber, é mais um vinho branco que verde, não tem um grande sabor mas também não é desagradável é apenas razoável com um fim normal.

Bem este é o género de vinho que não aquece nem arrefece, não é mau de todo e bebe-se bem, mas também não é fantástico, como vinho branco eu daria uma melhor nota que como verde ai deixa um pouco a desejar eu espero sempre que um verde tenha mais sabor e um pouco mais de gás, de qualquer forma se o preço for razoável então é um vinho razoável por um preço razoável :)

2 Comentários

Deixa uma Resposta
  1. Vinho Verde tem de ter gás!?! E porque não devem ter gás vinhos de outras regiões como, por exemplo, Açores, Alentejo ou Algarve? Não vou discutir se a presença de gás intencional (como nos espumantes) ou (in)voluntária (vinhos que fizeram a 2ª fermentação – maloláctica – total ou parcialmente em garrafa) é boa ou má mas já é hora de acabar com esta divisão absurda entre vinhos “maduros” e vinhos “verdes”. E não há Verdes tintos? Claro que há. E Verdes brancos? Claro que há. E Verdes rosados? Claro que há. E com gás (espumantes)? Claro que há e em diversas cores também. Então porquê estes comentários do género “/…/ é mais um vinho branco que verde /…/”? Exige-se proficiência a quem publicamente tece comentários sobre vinhos ou comidas.

    • Olá Hélia,
      Humm, não sei se percebo bem a tua critica? Existe vinho verde (no sentido de um vinho novo) e depois existe um tipo especifico de vinho novo da região controlada de vinho verde (no sentido de um vinho feito na região do Minho com características de um vinho novo), eu estou a falar do segundo, depois mesmo existindo milhares de variações, tradicionalmente um vinho verde do Minho é um vinho branco novo e logo normalmente tem efervescência e um sabor mais frutado, por isso é que hoje em dia muitas vezes adiciona-se esse gás e é em relação a este perfil que eu comparo, se um branco tiver gás e um sabor frutado eu vou dizer que esse vinho branco parece um pouco mais um vinho verde, claro que hoje em dia temos de tudo um pouco e isso é uma coisa boa, dai que eu também tento não chamar um vinho “de verde” se este não for feito na região do Minho, chamo de vinho novo…
      Espero que tenha sido um pouco mais claro, no fim não deixa de ser a minha opinião e o meu gosto pessoal, espero que ajude mas só mesmo experimentando é que podes saber se gostas! Obrigado pelo comentário! :)

Frango à Braz

Salada de Fruta Apimentada