in

Como Escolher um Bom Azeite

Selecao-de-Azeites-Supermercado

Azeite é a base da culinária em Portugal e tudo flui através dele, para a cozinha portuguesa praticamente não existe ingrediente mais omnipresente, azeite dá para tudo e serve para tudo e só não se usa mais porque alguns cozinhados ficam melhor sem sabor a azeite.

Mas quando se chega ao supermercado encontramos uma variedade enorme de tipos e marcas de azeite, então que azeite é que devemos escolher?

Tipos de Azeite

  • Azeite Extra Virgem – Azeite prensado a frio, este processo mantém todos os nutrientes e vitaminas do azeite, para além da sua qualidade nutricional é também o tipo de azeite que tem um sabor mais agradável e é o tipo de azeite com acidez mais baixa até 0.8%.
  • Azeite Virgem – Azeite também extraído por processos mecânicos, possui geralmente uma boa qualidade nutricional, nota-se mais no aroma que tende a não ser tão bom como um extra virgem, a sua acidez pode variar entre os 0.8% e os 1.5%.
  • Azeite Comum ou Refinado – Azeite extraído por diversos processos, alguns mecânicos outros térmicos, tende a perder muitas das propriedades nutricionais, como também sabor e cor, tende a ter uma acidez que varia entre os 1.5% e 3%.
  • Azeite Composto ou de Mistura – Basicamente é uma mistura de azeite comum com outros azeites ou óleos (como óleo de soja), este tende ser muito similar nas características com o azeite comum, como poucas propriedades nutricionais e pouco sabor, com acidez a variar entre 1.5% e 3%.

Como Escolher um bom Azeite

Dentro das marcas claro que existem muitas diferenças, até dentro de tipos, mas existem várias coisas que podes fazer para escolher um bom azeite:

  • Escolhe o Tipo – Azeite Extra Virgem e Virgem quando queres um azeite para consumo a temperatura ambiente, Azeite Comum e Azeite Composto para quando queres cozinhar, azeite aguenta bem temperaturas altas até 210ºC mas quando cozinhado perde sabor e perde qualidade nutricionais, logo se for para fritar um Azeite Comum serve bem.
  • Compara Nível de Acidez – Não que seja grande decisor em termos de sabor, o nível de acidez é um marcador acima de tudo da qualidade e pureza e como tal quanto mais baixo o nível melhor, claro que entre 0.8% e 1% não é grande diferença, mas entre 1% e 3% já se nota bem a diferença em termos de sabor.
  • Olha para a Cor – Mesmo que pode ser difícil ver antes de comprar (visto que para proteger o produto as garrafas de azeite tendem a ser escurecidas/opacas, aliás garrafas transparentes são sinal de azeite de baixa qualidade), quando mais escuro o azeite, melhor tende a ser o sabor, mesma coisa com o cheiro, azeites com um cheiro mais intenso tendem a ser melhores.
  • Nota a proveniência – Eu pessoalmente escolho sempre Português do Alentejo, mas se vier de Itália ou Espanha sabes que quase sempre tem boa qualidade (são países de clara tradição de azeite), também nota os selos de qualidade e de região que garantem a qualidade do produto.
  • Lê sempre o rótulo – Porque alguns dizem 100% azeite ou puro azeite mas depois lês o rótulo e vês que é azeite comum é como os pacotes de sumo, 100% laranja, 100% polpa, 100% sumo e vais ver depois que é outra coisa no rótulo.

Faz a tua Escolha

Azeitonas-para-Azeite

Infelizmente ou felizmente, em relação a azeite, marcas e preços importam, raramente um azeite barato ou de marca branca é superior a um de marca (acontece, mas para isso mais vale ler comparativos e analises de azeites no mercado, e claro enquanto marcas tendem a querer manter um certo nivel de qualidade, azeites de linha branca podem variar bastante de ano para ano).

Por isso e em caso de duvida escolhe sempre um Azeite Extra Virgem de uma boa marca, com um nível de acidez baixo (por volta dos 1% é bom), porque podes consumir diretamente ou utilizar para cozinhar sem problemas, e claro depois de encontrares uma marca que gostes, já sabes, mantém-te fiel! :)

Em relação a azeites especiais, tais como envelhecidos ou com misturas de sabores, ervas, especiarias, etc, segue as instruções em cima, lê o rótulo para ver a qualidade e decide se vale a pena experimentar, não te esqueças que podes muito bem comprar por um preço de uma destas garrafas, uma garrafa maior de um azeite extra virgem e fazer a tua própria mistura com uma qualidade muito superior.

Dicas para Utilizar e Conservar Azeite

Para-Temperar-um-Azeite

  • Mesmo que o azeite tal como o mel é uma forma de preservar outros ingredientes, guardar ambos sem contacto com luz solar, calor e com o ar é ideal para manterem as suas propriedades intactas.
  • Para criar novos sabores junta ervas ao azeite, tais como: manjericão, alecrim, tomilho ou louro. Ou junta ingredientes como alho ou malaguetas para criares variações interessantes especialmente para depois comeres diretamente com pouco de pão ou para temperar saladas (nota que misturas tendem a diminuir o tempo de vida do azeite).
  • Deixa o azeite na sua embalagem original, normalmente estas são feitas para dosear e acima de tudo proteger o azeite da luz solar e do ar (dai tenderem a ser opacas).
  • Mesmo que azeite aguenta bem vários meses, é preferível consumir uma garrafa aberta passado uns 30 dias assim tens azeite sempre na sua máxima qualidade.

Mais dicas no Iguaria sobre Azeite… Cubos de Azeite com Ervas, Substituir Margarina por Azeite e Tudo Sobre Fritos.

2 Comentários

Deixa uma Resposta
    • olá, bem ao cozinhar perde-se muitas das qualidades do azeite, mas eu diria que um azeite virgem é a melhor escolha, poupas um pouco no preço mas não deixas de manter alguma da qualidade e sabor que queres do azeite no produto final, especialmente se for um bolo com outro sabor em destaque como mel, canela, limão, para um bolo ou biscoitos puramente de azeite, talvez escolher um extra-virgem pode fazer alguma diferença no sabor mas duvido um pouco, só mesmo com um azeite extra-virgem com um sabor bem forte, como regra geral eu uso azeite extra-virgem quando é para consumir o azeite diretamente (saladas, temperos, etc) e virgem para todo o tipo de cozinhados! :)

Responder a Jorge Bizarro Cancelar resposta

Queques de Manga

Bolo de Arroz