in

Sopa do Vidreiro

A sopa de vidreiro como o nome sugere é uma receita tradicional da Marinha Grande (a zona em Portugal onde está a industria vidreira), daquelas receitas dos tempos em que havia pouco na mesa, a receita pede duas postas de bacalhau, mas pode ser qualquer quantidade de qualquer parte do bacalhau.

Nota que esta sopa tradicionalmente não levava alho, por isso se queres fazer a versão mais autêntica é sem alho, visto que o aroma deste pode ser bem desagradável especialmente se fores assoprar vidro.

Receita de Sopa do Vidreiro

Ingredientes

Instruções

  1. Começa por cozer o bacalhau num tacho, quando estiver cozido, retira do tacho o bacalhau e põe de parte, não deites a água fora.
  2. Na mesma água, deita as batatas cortadas em rodelas grossas, quando estas estiverem perto de estar prontas deita os ovos para escalfarem.
  3. Parte o pão e a broa para dentro de uma terrina ou 2 pratos de sopa fundos, junta o alho bem picado, a salsa e rega tudo com azeite.
  4. Depois desfia o bacalhau e põe uns belos pedaços, tira do caldo os ovos e batatas e deita o caldo por cima, e está pronto a servir.

Informação Nutricional

Doses: 2・Tempo: 40 Minutos・Dificuldade: Média・Calorias: 1495 kcal・Gorduras: 69 g・Hidratos de Carbono: 125 g・Proteínas: 93 g

2 Comentários

Deixa uma Resposta
  1. A autêntica sopa do vidreiro era feita em panela pequena de alumínio estreita e alta para ser entalada entre as pernas donde era comida directamente, sendo confeccionada por camadas alternadas de batata fatiada grossa, broa e por vezes umas côdeas de casqueiro, e farripas de bacalhau desfiado que era cuidadosamente demolhado para os vidreiros não terem de beber mais água no turno do que o normal, 5 a 6 litros; sobre as camadas era derramada água quente da cozedura do bacalhau e no final um fio fino de azeite.
    O alho estava interdito nesta sopa para não contaminar com o desagradável cheiro e sabor as canas que eram sopradas por todos.
    Só os vidreiros com ordenados mais altos como os da vidraça se podiam dar ao luxo de ter por vezes na sopa algumas pequenas fatias de pão de trigo.

    • Uh eu não sabia, mas esta receita já foi posta a tanto tempo que eu não sei os detalhes, se alguém enviou ou partilhou, mas obrigado por partilhares os detalhes, basicamente a sopa de vidreiro é uma marmita com uma sopa de bacalhau sem alho, muito interessante e faz todo o sentido, estas sopas eram muitas vezes a base da alimentação de muita gente pobre, dai serem tão comuns por exemplo no Alentejo, vou pôr uma nota que a receita original não leva alho! Obrigado outra vez e até próxima.

Responder a Manuel Peñascoso Cancelar resposta

Arroz de Bacalhau com Grelos

Pipis