in

Bacalhau à Zé do Pipo da Cristina

Bacalhau à Zé do Pipo é um daquelas receitas de bacalhau perfeitas para festas e como tal é bem comum não só para o Natal, mas para a Páscoa, Ano Novo ou qualquer ocasião em que vais juntar um monte de gente na mesa.

Esta é uma variação da receita tradicional do bacalhau a zé do pipo, mas não deixa de ser bem similar a típica receita e na minha singela opinião um pouco melhor, primeiro o bacalhau não é desfeito, é cozido e tirado as espinhas, mas eu deixo em grandes lombos, isso faz uma grande diferença tanto na textura como na riqueza do prato.

Também tenho um pouco mais cuidado e tempo a fazer uma cebolada bem rica e caramelizada, essa não só cria um contraste dos aromas mas vai aumentar o sabor do bacalhau e por fim eu monto com o bacalhau a volta e a maionese numa camada bem fina no centro, eu faço isso porque muitas das formas comuns de fazer o bacalhau a Zé do Pipo tens pedaços sem nenhuma maionese e outros com uma colher cheia de maionese, mas também simplesmente fazer uma camada de puré por cima de tudo como empadão e depois outra de maionese por cima de tudo não ia criar variedade, assim cada colherada vai a bordar buscar puré e tem uma camada fina de maionese por cima, mas não no puré, perfeito!

Vamos a receita e Feliz Natal!

Receita de Bacalhau à Zé do Pipo da Cristina

Bacalhau à Zé do Pipo da Cristina

  • Doses: 16
  • Dificuldade: Média
  • Rating: ★★★★★
  • Imprimir

Receita diferente e original de Bacalhau à Zé do Pipo feito por mim para a família!

Ingredientes

  • Bacalhau – 1200gr (Lombos)
  • Batatas – 2kg
  • Leite – +/- 2 litros (Meio Gordo)
  • Leite – O Necessário (Para o Puré)
  • Cebolas – 5 Grandes
  • Alho – 4 Dentes
  • Louro – 1 Folha
  • Manteiga – Uma Noz
  • Maionese – A Gosto (O suficiente para cobrir)
  • Azeitonas – Opcional (Pretas ou Verdes)
  • Azeite – Uns Fios
  • Ervas da Provença – Uma Pitada
  • Oregãos – Uma Pitada
  • Pimenta – Uma Pitada
  • Sal – Uma Pitada

Instruções

  1. Se o bacalhau ainda está seco, começa por demolhar este, segue aqui as instruções para deixar o bacalhau de molho.
  2. Quando o bacalhau estiver bom para cozinhar, põe este num tacho largo e cobre de leite (não é preciso ser os 2 litros, só o suficiente para cobrir todo o bacalhau), leva a cozer uns 10 a 15 minutos até este começar a lascar, retira do lume e põe por cima de papel de cozinha para escorrer um pouco.
  3. Enquanto o bacalhau está quente, começa retirar a peles e espinhas, tenta não desfazer muito e manter os lombos intactos, põe estes no fundo da travessa onde vais servir tudo.
  4. Começa então a preparar a cebola numa frigideira larga junta 5 cebolas grandes cortadas em rodelas finas, seguido dos alhos picados, com uns fios de azeite, ervas da Provença, oregãos, sal e pimenta, tapa e leva a um lume brando por uns 40 minutos até a cebola estar completamente mole e caramelizada (vai mexendo e espreitando, se a frigideira começar a ficar seca junta um pouco mais de azeite).
  5. Deita a mistura de cebolas por cima do bacalhau, retira a folha de louro.
  6. Lava, descasca e corta em metades as batatas, leva uma panela com bastante água e uma pitada de sal, deixa cozer em lume médio a ferver por uns 10 a 15 minutos, pica com um garfo ou faca se não sentires nenhuma resistência, então as batatas estão cozidas, retira do lume escorre estas.
  7. Se tiveres um triturador de batatas usa este, se não usa um garfo, esmaga as batatas, adiciona um pouco de leite quente e uma noz de manteiga, mistura até criar um puré com uma boa consistência a dar para o firme, prova e retifica de sal e pimenta.
  8. Pré-aquece o forno a 200ºC, como tudo está cozinhado, leva-se ao forno só para dourar.
  9. Agora dispõe o puré a volta da travessa/assadeira, por fim deita umas colheres de maionese no centro e espalha, não é preciso muita maionese só o suficiente para cobrir e não se ver por debaixo, 2mm chega.
  10. Leva ao forno bem quente por uns 10 a 15 minutos até ficar tudo bem dourado e já está, pronto a servir, acompanha com uma bela roupa velha ;) bom apetite e Feliz Natal.

Notas: Algumas pessoas gostam de pincelar ovo batido por cima, mas a não ser pelo aspecto, não faz grande diferença, a mesma coisa com as azeitonas. Também esta receita pode ser feita com alguma antecedência, podes cozer o bacalhau e fazer a cebolada 1 dia antes e depois no próprio dia é só fazer batatas cozidas, montar e levar tudo a forno. Se queres uma versão para render mais (ou tens menos bacalhau), então o melhor é desfiar o bacalhau e misturar este com a cebolada, aliás se fores desfiar então compra bacalhau mais barato, não é preciso comprar lombos. Podes usar o leite de cozer o bacalhau para ajudar com o puré de batata, mas no meu caso eu quero o meu puré a saber bem a batata, por isso não uso o leite de cozer o bacalhau para o puré. As batatas que usei foram Amandine ou Princesa Amandine, são uma batatas de polpa super rica perfeitas para purés.

Esta receita de Bacalhau à Zé do Pipo da Cristina foi criada inicialmente no Iguaria.com.

Nutrition

Calorias: 3500 kcal・Gorduras: 62 g・Hidratos de Carbono: 467 g・Proteínas: 266 g

Deixa o teu comentário :)

Bolo de Queijo Creme Japonês

Rabanadas de Pão de Forma