in

Tradições de Natal por Portugal

tudo-sabe-a-canela-no-natal

Não interessa qual o ponto de Portugal, no Natal a canela está por todo o lado, seguido de perto pelo bacalhau, praticamente todos os menus vão sempre ter bacalhau, quer seja na consoada ou no dia de Natal, como alternativa também o polvo e as carnes assadas, então quais são os pratos tradicionais de Natal de todas as regiões de Portugal?

Pratos e Receitas Tradicionais de Natal em Portugal

 Douro e Minho

  • No litoral-norte de Portugal, escolhe-se na consoada o Polvo Assado e o Bacalhau Cozido, normalmente servidos simples e cozidos com batatas e couve portuguesa, bebe-se Vinho Quente com mel com pau de canela até ao fim da noite.
  • No dia de Natal, faz-se a Roupa Velha, que é como o nome diz feito com os restos do jantar da consoada, normalmente bem regado de azeite e alho. Come-se uma variedade de frutos secos, Rabanadas e Bolinhos de Bolina.
  • No fim do dia, pode-se jantar um belo Peru Assado com creme de castanhas, seguido de mais docinhos, como os Mexidos de Leite ou Aletria de Natal.

Trás-os-Montes e Alto Douro

  • Mais para o interior norte os pratos são um pouco mais robustos, também claro vai-se pelo Bacalhau da Consoada e talvez também Polvo, tudo bem cozido, para depois ir-se aos docinhos e frutos secos, desde Migas Doces ás Filhós de Jerimú.
  • No dia de Natal, começa-se por uma Canja Rústica e de seguida serve-se um belo assado de peru, leitão, borrego ou porco, seguido, claro de mais docinhos.

Beiras

  • Para a véspera, temos o delicioso Bacalhau, tradicionalmente cozido com batatinhas e couve portuguesa, seguido de rabanadas, sonhos e filhoses.
  • Para o dia de Natal, escolhe-se um Cabrito Assado no forno com umas belas batatinhas assadas, com mais doces a seguir, tais como o Bolo Rorto ou Filhós de Joelho.

Estremadura

  • Na Estremadura a tradição é bastante similar ás Beiras com o Bacalhau na Consoada e o Cabrito Assado no dia de Natal.
  • Para doces já muda um pouco tendo as Broas (feitas de batata doce) uma presença na mesa, com Fatias Douradas (uma variação das rabanadas), as Azevias com diferentes recheios e claro Filhós.

Alentejo

  • Temos o Bacalhau para a Consoada, antigamente podia ser um galo ou sopa de cação dependendo do dinheiro disponível, seguido pelos tradicionais doces alentejanos de Natal tais como as Azevias de Grão ou Batata Doce.
  • No dia de Natal temos pratos de Peru, recheado ou servido com enchidos alentejanos e mais doces como Coscorões, Carolo ou Filhós de Forma.

Algarve

  • No Sul temos também o Bacalhau na Consoada ou o galo como no Alentejo, seguido de umas deliciosas Empanadilhas (uma variação das azevias) e Broas de Milho.
  • Para o dia de Natal, temos Peru Recheado e Assado no Forno, com uma bela pilha de Rabanadas e Filhós para devorar depois.

Madeira

  • Na Madeira na consoada e no dia de Natal escolhe-se como entrada uma Canja de Galinha seguida de umas Espetadas da Madeira, feitas de carne de porco temperada com vinha-e-alhos com migas de pão e legumes, seguido de Bolo de Família, Bolo de Mel da Madeira e de uns bons licores da região.

Açores

  • Nos Açores como a Madeira são um pouco diferentes nesta altura do Ano, com a galinha a ser o prato de eleição, quer em canjas, guisada ou assada, principalmente na Consoada, com doces como Rabanadas ou variados bolos secos.
  • Para o dia de Natal podemos ter mais galinha ou outras carnes como porco ou vaca assados, seguidos de licores (muitos deles feitos em casa e artesanais) e claro o tradicional arroz doce de Natal.

E já está, espero que tenham gostado do artigo e Feliz Natal!

2 Comentários

Deixa uma Resposta

Responder a P. Gaucho Cancelar resposta

Bolo de Natal

Tudo sobre Bacalhau